domingo, 30 de junho de 2013

Citi Bike: Para quando um serviço de partilha de bicicletas em Lisboa?

Nova Iorque implementou um sistema de partilha de bicicletas na cidade, em parceria com uma instituição financeira, há pouco mais de um mês.
A ideia é simples: parques em vários pontos da cidade, milhares de bicicletas à disposição mediante o pagamento de um "passe anual" (custa o equivalente a cerca de 73 euros) ou de períodos mais curtos de tempo (dia, semana, etc). A agência de notícias Bloomberg explica tudo.
Pode levantar-se uma das 6000 bicicletas num dos 330 parques criados para o efeito e deixá-la noutro. O objectivo são 10 mil bicicletas e 600 parques.
O investimento foi avultado, mas parece estar a correr bem. O site do programa Citi Bike refere que as bicicletas percorreram no total um milhão de milhas (1,5 milhões de km) num mês.
As receitas são para partilhar entre a Câmara e o patrocinador.
Ganham todos. Os utilizadores, os promotores, a cidade, o ambiente...
Para quando um serviço de partilha de bicicletas em Lisboa? Um novo meio de transporte público amigo do ambiente, da saúde e das carteiras?

Apesar de tudo parecer perfeito, há vozes contra. Muitos nova-iorquinos não gostaram da ideia. E Jon Stewart, no Daily Show, foi brilhante a satirizar as críticas.

Sem comentários:

Enviar um comentário